quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

Minissérie "Rei Davi" ESTRÉIA DIA 24 DE JANEIRO NA RECORD



Em entrevista à IURD TV, Vivian de Oliveira conta como foi escrever a história de um dos personagens mais emblemáticos da Bíblia
Da Redação
redacao@arcauniversal.com

Quem vem acompanhando as minisséries bíblicas lançadas na Rede Record deve se lembrar da “História de Ester”, de autoria de Vivian de Oliveira. O sucesso foi tão grande que a autora foi convidada a escrever sobre a vida de um dos personagens mais marcantes da Bíblia: rei Davi.

Com estreia prevista para o dia 24 de janeiro, Vivian participou do programa das 11h, desta segunda-feira (9), pela IURD TV, quando explicou como foi o trabalho de adaptar uma história longa e intensa para uma série de televisão. “Eu tentei colocar as partes principais, como o momento em que ele foi ungido por Deus, quando entrou no acampamento de Saul e a luta contra o gigante Golias”.

Vivian destaca que para aproximar o público do que aconteceu no passado, foi preciso muita pesquisa e estudo. “Eu li muito a Bíblia, pesquisei bastante em vários livros. É uma história forte e viva, eu me peguei chorando várias vezes enquanto escrevia”, confessa.

A autora ainda falou um pouco sobre sua história de vida e o sonho de se tornar escritora. “Meus pais eram jornalistas, eu sempre estive nesse meio, mas o jornalismo era muito factual e minha vontade era de escrever histórias”.

Embora a fonte de inspiração tenha sido a mesma, a Palavra de Deus, Vivian ressaltou que na história de Ester o romantismo esteve presente em grande parte dos episódios, já na de Davi temas mais polêmicos e densos prometem prender a atenção do telespectador.

A autora ainda explicou como foi que escolheu o ator Leonardo Brício para esse importante papel: “Tivemos que nos concentrar em escolher um Davi que possa parecer jovem e que depois vá envelhecendo com a ajuda da maquiagem. Eu fiz questão de participar da escolha de cada ator”.

Vivian faz um convite aos internautas da IURD TV: “Vale muito à pena assistir, não apenas pelo lado da fé, mas porque na Bíblia há boas histórias que merecem ser contadas. Apesar de ser um tempo distante do nosso, eles passavam pelas mesmas situações que nós: havia ciúme, inveja, amor”, analisa.

Antes de encerrar a participação no programa, a autora avisou que a linguagem usada na minissérie está bem fácil, adaptada para o vocabulário dos dias de hoje e, antes mesmo da estreia, revelou o grande segredo que fez do mirrado pastor de ovelhas um grande rei: “Apesar de tudo, Davi foi um homem de coração puro.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário