sábado, 15 de outubro de 2011

Cristão decapitado na Somália

Após uma extensa busca pelo paradeiro de Juma Naradin Kamil, os cristãos da região de Bakool, sudoeste da Somália, encontraram o corpo decapitado de Kamil. Ele, que fora sequestrado, trazia no corpo marcas de uma execução feita pelo grupo terrorista muçulmano Al-Shabab.


“É comum a Al-Shabab decapitar aqueles que abraçam a fé cristã, ou mesmo de meros simpatizantes dos ideais ocidentais,” disse um cristão local, a agência de notícias Compass Direct News. “Nosso irmão Kamil aceitou a fé cristã há três anos e estava determinado em sua fé em Deus. Sentiremos muito a falta dele.”


O sequestro aconteceu em 21 de agosto quando três homens da Al-Shabab forçaram Kamil a entrar em um carro. Muitos cristãos locais acreditam que os extremistas estavam acompanhando a rotina de Kamil para executarem a tarefa.


A Al-Shabab tem cerca de 7 mil membros. Eles procuram, através de ameaças e atos violentos, impor uma versão estrita da Sharia, lei islâmica, em todo território muçulmano. O principal objetivo de grupo é eliminar o cristianismo da Somália.


No início deste ano, dois extremistas muçulmanos assassinaram um membro de uma comunidade cristã subterrânea na Somália, e também mataram uma mãe de quatro filhos, Asha Salat, por sua fé cristã.


Informações de Exército Universal e Compass Direct News
IURD TV.

Ao ler esta noticia triste comecei a meditar, que privilegio morrer pelo Senhor Jesus, morrer pela fé que tem, no passado acontecia muito isso, temos o próprio exemplo de Pedro que foi crucificado de cabeça para baixo, e você? Seria capaz de morrer pela sua fé em Jesus?

3 comentários:

  1. ola pr passando para fazer uma visitinha sou da iurd garopaba sc quando puder faça-nos uma visitinha e se gostar do blog siga-nos
    será uma honra ter o sr no nosso espaço
    bom dia!

    ResponderExcluir
  2. Realmente, sao poucos que fariam isso. Hoje em dia, muitos nem se quer querem sacrificar para Jesus em vida, imagine então morrer.

    ResponderExcluir