quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

Estudos Força Jovem: O Encontro com Deus

“Eu te conhecia só de ouvir, mas agora os meus olhos te vêem. Por isso, me abomino e me arrependo no pó e na cinza.” (Jô 42.5-6)

Nunca se ouviu tantas desgraças e tragédias envolvendo jovens como nos últimos tempos. O índice de suicídio entre adolescentes cresce assustadoramente, a cada dia, no mundo todo! As prisões para menores estão lotadas!

O que está acontecendo? O que está faltando para esses jovens, que em ternos de coisas materiais, têm sido muito mais privilegiados hoje que as gerações passadas?

O que falta é um encontro com Deus.

Somente o Espírito de Deus pode preencher o vazio no coração de cada jovem. Nos países mais desenvolvidos, o governo oferece gratuitamente a todo adolescente várias atividades educativas, culturais e esportivas, além da escola normal. Ora, por incrível que pareça, são nesses países que o índice de suicídio de pessoas na faixa etária de 15-25 anos é mais alto.

Isso mostra claramente que moças e rapazes podem ser muito ricos, ter uma boa educação, dinheiro, diplomas, amigos, praticar esportes, uma boa família, etc. Mesmo assim nada disso pode dar sentido à vida, senão o Espírito de Deus.

Porém, é importante que se entenda que ter um encontro com Deus não é freqüentar uma igreja ou conhecer a Bíblia, nem mesmo praticar os rituais cristãos. Isso é ser um religioso, mas não significa ter um encontro com Ele.

Quando uma pessoa tem um encontro com Deus, ela passa a conhecê-lO pessoalmente através do Espírito Santo.

Você pode conhecer Deus através de informações recebidas a respeito dEle, mas, repito, isso não é o encontro. Talvez tenha conhecimento de um artista ou político através de jornais, revistas, rádios e TVs, porém você ainda não o conhece pessoalmente. Se um dia o encontrar e mantiver um relacionamento com ele, então você poderá saber quem é aquela pessoa por si mesmo, sem depender do que os outros falam.

Da mesma forma é com Deus. Ora, o próprio Jô, que era um homem de Deus, confessou no final de suas dores: “Eu te conhecia só de ouvir; mas agora os meus olhos te vêem.” (Jô 42.5)

Infelizmente são muitos os que conhecem Deus apenas de ouvir e por isso vivem enganados.

1

Portanto, é impossível que o jovem tenha um encontro com Deus e ainda viva vazio e angustiado. Ele pode ter dificuldades, lutas, necessidades, contudo jamais é vencido por elas, porque a força de Deus está nele.

Quem não se lembra do jovem Davi? Ele era filho caçula e na sua mocidade teve um encontro com Deus, que se deu exatamente quando o Espírito Santo veio sobre ele ao ser ungido por Samuel.

“Tomou Samuel o chifre de azeite e o ungiu no meio de seus irmãos; e, daquele dia em diante, o Espírito do Senhor se apossou de Davi. Então, Samuel se levantou e foi para Rama.” (1 Samuel 16.13)

Não é de espantar que esse jovem tenha crescido em força e sabedoria e vencido todos os seus inimigos.

A hora é agora!

Se, por um lado, a adolescência é a época da vida que apresenta grandes riscos e perigos para o jovem, por outro, é também a melhor época para ter um encontro com Deus. Por quê? Porque o jovem está limpo e apto a obsorver as palavras e o caráter de Deus mais do que ninguém, devido exatamente a sua juventude. É como o ditado que diz que “cachorro velho não aprende truques novos”. Não é que a pessoa de mais idade não possa se converter e ter um encontro com Deus, mas, sem dúvida alguma, a época melhor para isso acontecer é a adolescência.

O próprio Senhor Jesus sabia disse, e quando escolheu os doze discípulos, todos eram jovens. Nenhum era, dentre os fariseus ou doutores da lei, com seus pensamentos “causados” e enraizados.

O Espírito Santo, através de Salomão, também diz: “Lembra-te teu Criador nos dias da tua mocidade, antes que venham os maus dias, e cheguem os anos dos quais dirás: Não tenho neles prazer.” (Eclesiastes 12.1)

Portanto, jovem, se você está lendo este livro e já teve um encontro com Deus, sinta-se um privilegiado. Muitos são os que escarnecem por causa da sua fé, mas eles não sabem o que estão perdendo!

E se você ainda não teve um encontro com Deus, então, agora é a hora de buscá-LO!